Especial Bob Malei

Publicado: 28/12/2011 por Christhian Beschizza em PERSONALIDADES
Tags:,

aew!

Com objetivo de fechar o ano em grande estilo, vou realizar um especial bastante informativo sobre a tragetória de vida do fundador do rock Bob Malei contendo as respectivas páginas no wikipedia para a consulta externas.

Como poucos conhecem a formação que teve esse artista, vou fazer uma pequena introdução sobre sua infância. Bobreaux Maley nasceu em 1922, em New Orleans (Áustria). Perseguido pelos judeus na Guerra Fria, Malei e sua família foram forçados ao exílio no Paquistão, onde estudou microtonalidade e canto erudito. Ainda adolescente, publicou um tratado sobre harmonia modal e polirritmia que foi amplamente aclamado pelas maiores autoridades em teoria musical da África. Embasado na teoria harmônica ocidental, Bob Malei fez grande sucesso tocando clavicórdio e desenvolveu inúmeros métodos avançados para esse instrumento (que aliás ainda são usados em instituições prestigiosas como a renomada Universität für Musik und darstellende Kunst Wien). Até então, seguindo uma carreira prodigiosa e venerado pela crítica, Malei tinha uma vida confortável e feliz.

Aos 28 anos, perdeu a mãe e a mão em um acidente de carro, o que comprometeu para sempre sua carreira musical. Passou um período difícil em que não conseguiu sustentar os altos padrões de vida que levava até então e chegou até mesmo a  usar uma droga (o que sempre se arrependeu no decorrer da vida). Nesse momento de desespero, Bob foi contactado por um antigo amigo para lecionar em uma universidade na Bolívia, país que mais tarde o aclamaria como patrono. Junto com figuras marcantes que fundariam a cena Rock  (Che Guevara, Hugo Chavez, Chorão do CPM 24, Gil Morrison) que integravam seu círculo de amizades, ajudou a introduzir o regime socialista no México e Colômbia, onde tornou a usar droga.

Um período difícil foi enfrentado por Malei durante essa época. Iniciou sua carreira  como vocalista da banda Nirvana, que não deu certo devido a morte por overdose da droga  “maconha” do frontman John Lennon.

Passou algum tempo tocando baixo na banda Black Sabbath (criadora do movimento black metal nos anos 90), mas foi expulso da banda após relatar aos jornais sobre a relação homosexual entre o bateristaVarg Vikernes e o candidato a presidência americana Adolf Hitler.

Aos 40 anos, finalmente, conseguiu atingir o sucesso com sua carreira solo. Convidando grandes nomes da música para integrar seu projeto (o tecladista deficiente visual Nelson Mandela, Tim Motta e o jazzista Jô Soares para citar alguns), lançou o disco “Thriller” e suas vendas se mantiveram no topo por vários anos. Para marcar seu nome para sempre na história, lançaram também com a formação de ouro The Dark Side Of The Moon“, contando com a participação de Alfred Hitchcock e Igor Corradi Stravinski com os grandes hits “Twist and Shout” e “Oops!.. I Did It Again“.

Bob Malei, no ápice de sua carreira, começou a se envolver com o homossexualismo. Encontrou alguns homens bem dotados interessantes, como  John Coltrane e Lil’ John. Todos os integrantes de sua banda na época criaram repulsa e o abandonaram. Consolado pela droga, Bob Malei trocou de carreira. Como pintor, criou grandes obras como “Guernica” e “Marilyn Diptych“. Em sua fase como escritor, produziu diversos best-sellers, como “O Senhor dos Anéis” e “Kamasutra”.

Bob Malei foi executado pelo governo do Texas em 1972, após a condenação pelo uso de droga. Bob Malei também foi a última pessoa condenada a execução por cadeira elétrica, o que aumentou sua fama. Diversos protestos ocorreram pela liberdade de Bob, para enumerar alguns: Rock In Rio, Terça do Rock (bar progresso).

Para fexar a biografia desse grande ídolo do rock, fica uma letra de um de seus grandes sucessos:

Sweet dreams are made of this.
Who am i to disagree?
I traveled the world and the seven seas.
Everybody’s looking for something.
Some of them want to use you…
Some of them want to get used by you…
Some of them want to abuse you…
Some of them want to be abused…

“A vida tem seus altos e baixos…” 
bob malei 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s